AXA Investment Managers fala sobre como o Covid-19 impactou a tendência na economia digital em seu texto “How COVID-19 has accelerated trends in the digital economy”.  A gestora fundada há 26 anos no Reino Unido tem sob sua gestão mais de 804 bilhões de euros.

Veja a oitava carta de grandes gestores feita a partir do resumo com tradução livre do texto da AXA  logo abaixo.

 

Como o COVID-19 acelerou as tendências na economia digital

Por incrível que pareça, muitas empresas no centro da economia digital estão bem posicionadas para sustentar a vida sob bloqueio. A importância das ferramentas, produtos e serviços oferecidos por essas empresas foi comprovada na crise. No entanto, esta tendência já vem acontecendo há décadas, mesmo que em volume menor.

As empresas da economia digital oferecem um potencial de crescimento interessante para os investidores de longo prazo. A expansão do Covid-19 criou um ambiente desafiador para os investidores que apostavam nas ações, apesar da recuperação do mercado nas últimas semanas.

Com a incerteza durante o período de recuperação do vírus e o seu impacto a longo prazo, é razoável que ocorra uma volatilidade contínua por algum tempo ainda. Porém, nem tudo são más notícias, pois na verdade existem muitas empresas que viram uma demanda crescente por bens e serviços durante esse período.

 

Alguns conseguiram prosperar nessa crise

Muitas das empresas que prosperam na crise estão localizadas em setores no centro da ‘economia digital’. Isso descreve o crescimento da conectividade digital na sociedade, que está transformando a maneira como trabalhamos, socializamos, compramos, entretemos e educamos a nós mesmos, e até nos exercitamos.

É importante ressaltar que as mudanças repentinas e dramáticas que a maioria de nós adotou em nossas vidas diárias nas últimas semanas não são hábitos completamente novos. Em vez disso, estamos observando uma aceleração nas tendências plurianuais que moldam o futuro de nossas sociedades.

A adoção de smartphones e a internet cada vez mais rápida e barata nos últimos anos permitiram o crescimento dos tipos de ferramentas online que, embora não projetadas para essas condições, provaram ser adequadas para elas.

Como tal, muitos setores relacionados à transformação digital se mantiveram relativamente bem nesse difícil ambiente de mercado. Esse período pode revelar-se fértil e com um horizonte de investimento de longo prazo.

 

 

Empresas que estão se saindo bem

As empresas que vimos registrando crescimento de vendas durante a fase de ‘bloqueio’ podem ser agrupadas em três áreas que se beneficiam com:

  1. um aumento na demanda por comércio eletrônico;
  2. as pessoas que ficam em segurança em casa e;
  3. o trabalho remoto generalizado.

Pode parecer que essas empresas não têm um perfil de crescimento agressivo quando a crise desaparece, mas sua importância para a sociedade foi comprovada. Em uma visão de longo prazo, ainda é esperado que eles se beneficiem nos próximos anos através de fatores estruturais de crescimento no tema da tendência da economia digital.

  • Comércio eletrônico

Empresas com uma forte estratégia online se mostraram naturalmente mais resistentes à situação de bloqueio. Mas o crescimento do comércio eletrônico é uma tendência de longo prazo. A Amazon e o Alibaba são líderes globais em comércio eletrônico, enquanto a Ocado, especialista em varejo de supermercado online do Reino Unido, continua crescendo ao ganhar participação de mercado e expandir internacionalmente com parceiros estrangeiros. Mostrando a evolução na tendência da economia digital.

Qualquer mudança de offline para online também é uma oportunidade para empresas como PayPal e Global Payments, que permitem a conclusão de transações digitais.

Além disso, mesmo quando as lojas físicas reabrem, as soluções de ponto de venda sem contato (como Apple Pay) podem ser preferidas ao invés de dinheiro no pagamento em uma loja para minimizar o contato físico.

  • Ficar em segurança em casa

Onde os governos pediram às populações que ficassem em casa por um longo período de tempo, vimos um aumento significativo no uso de plataformas online e videogames para socialização e entretenimento. Empresas do setor de serviços de comunicação, como a Netflix, ou empresas de videogame, como Electronic Arts e Activision Blizzard, têm visto um aumento no uso de seus produtos e serviços.

Da mesma forma, o tempo gasto em mídias sociais como o Facebook e WeChat e plataformas de vídeo online como o YouTube aumentou.

  • Home Office

O conceito de home office tornou-se cada vez mais parte da rotina de muitos trabalhadores. A introdução do trabalho de tempo integral em casa por empresas sob bloqueio pode muito bem levar a uma adoção adicional e a uma mudança de hábitos de trabalho. Mesmo que os bloqueios tenham sido totalmente suspensos.

 

 

Além do benefício da flexibilidade para os funcionários, para muitos empregadores, o bloqueio tem sido um teste real das eficiências da redução de viagens corporativas e custos imobiliários por meio do uso de ferramentas virtuais.

Ser capaz de manter algum grau de coesão da equipe enquanto trabalha remotamente é importante; as ferramentas de software que permitem que os funcionários colaborem de maneira mais eficaz podem ter um aumento no uso a longo prazo, assim como as soluções de videoconferência fornecidas por especialistas como Atlassian e Zoom Video Communications.

Além disso, as soluções de serviços em nuvem, como Amazon Web Services e Azure, da Microsoft, registraram um aumento significativo na demanda por esses serviços nos últimos meses. O que acelera ainda mais a tendência na economia digital. Enquanto isso, a abertura de redes corporativas para acesso de funcionários também aumenta o risco de segurança dessas redes. Vimos algumas empresas de segurança cibernética, como ProofPoint e ZScaler, demonstrando um pouco mais de resiliência nos recentes mercados voláteis.

 

Oportunidades

Embora existam várias marcas que prosperam no ambiente atual, ainda existem alguns modelos de negócios baseados no mercado digital que tiveram dificuldades. Isso vale especialmente para aqueles que operam em setores que sofreram declínios acentuados na demanda como resultado de restrições atuais, como viagens por exemplo.

Períodos voláteis geralmente oferecem oportunidades interessantes para ativos alternativos e pode haver muito mais volatilidade nas próximas semanas e meses.

A situação atual foi realmente um evento do cisne negro, algo muito difícil de prever, e mesmo agora no meio dela, é difícil prever a duração ou a magnitude dos efeitos. No entanto, espera-se que a transformação digital seja um importante foco comercial nos próximos anos.

Por exemplo, as tendências associadas ao tema da economia digital, como comércio online, consumo de mídia digital, pagamentos eletrônicos e transformação digital, permanecem intactas e podem até ser mais fortes depois que a turbulência atual terminar. Como sempre, qualquer investidor de longo prazo deve resistir ao pânico e reconhecer as oportunidades oferecidas.

Para acessar o texto na íntegra, acesse:

https://www.axa-im.com/content/-/asset_publisher/alpeXKk1gk2N/content/digital-economy-insight-how-covid-19-has-accelerated-trends-in-the-digital-economy/23818