A entrevista alemã “Alternative Anlagen sind ein Muss”, feita apelo site de notícias de investimentos Multi Asset,  fala sobre como os ativos alternativos são obrigatórios para os investidores hoje em dia e explica qual a sua escolha de ativos alternativos para superar os acontecimentos do ano de 2020.

O entrevistado é Jacob Vijverberg,  gestor do fundo multimercado da Kames Capital, que tem sob sua gestão mais de £ 298 bilhões.

Jacob fala sobre sua visão na escolha de ativos alternativos que apresentam bom desempenho mesmo com a economia desacelerando.

“Investimentos alternativos são obrigatórios”

Vijverberg aponta que as políticas econômicas de corte na taxa de juros favorecem muito o setor de infraestrutura.

“Identificamos vários subsetores nesse setor. Em nossos fundos de múltiplos ativos, investimos principalmente em serviços públicos regulamentados, rodovias com pedágio e aeroportos.”

Na opinião do gestor, esses subsetores oferecem os melhores recursos de diferenciação e diversificação em comparação com outros investimentos mais comuns.

Isso ocorre porque as empresas de infraestrutura geralmente são menos sensíveis às flutuações econômicas.

Posições do fundo da Kames Capital

O fundo de Jacob possui ações da Ferrovial, uma empresa espanhola que atua nas estradas com pedágio do Canadá e dos EUA e no aeroporto de Heathrow, em Londres. A Ferrovial negociou contratos muito longos para suas participações. Em combinação com as taxas de juros atualmente baixas, isso ajuda a empresa a obter números muito bons.

 

Os fundos multi-ativos da Kames focam em investimentos mais flexíveis, que permitem que a gestora ofereça a seus clientes uma alocação personalizada, que é muito mais granular do que com outros fundos.

“Essa diversificação contribuiu significativamente para o desempenho do fundo desde o lançamento do Fundo Global de Renda Diversificada.”

De onde vem o bom desempenho do fundo

Nossos investimentos alternativos desempenham um papel importante aqui, em particular a infraestrutura, o setor imobiliário listado e os setores de energia renovável.  Que geralmente são investimentos com alto retorno inicial e possibilidade de crescimento de capital a longo prazo. “

O fundo também foca em gerar fluxos de renda através de dividendos, que na maioria das vezes estão associados à inflação. E, devido à sua correlação relativamente baixa, os investimentos alternativos oferecem vantagens significativas de diversificação em comparação às classes de ativos tradicionais.

Outros alvos do Gestor

Vijverberg comenta sobre como já era esperado que os prêmios de risco nos Estados Unidos e da Europa continuassem diminuindo após a queda em 2019. Dessa maneira, segundo o gestor, os mercados de títulos teriam se desenvolvido inconsistentemente.

“Nos posicionamos de maneira mais defensiva no lado dos títulos e empreendemos uma reestruturação estratégica. Atualmente, preferimos títulos corporativos de alto rendimento com classificação BB, pois eles têm o melhor perfil de risco.”

O gestor finaliza dizendo que para a maioria dos seus investimentos o foco é em ativos não muito arriscados, mas que apresentem retornos mais expressivos, como os ativos alternativos.

 

Para ler a entrevista na íntegra, acesse:

https://www.multiasset.com/kames-capital-alternative-anlagen-sind-ein-muss/