Matéria da revista Dirigentes, fundada em 1986 com foco na previsão de acontecimentos de mercado, fala sobre o que os profissionais do mercado financeiro estão esperando para os investimentos no futuro. O texto utiliza uma pesquisa realizada pela Natixis com 2.700 entrevistados de 16 países diferentes.

Leia a seguir o resumo com tradução livre da matéria “Los profesionales financieros esperan que su patrimonio gestionado crezca un 2,5%”.

No mesmo momento em que os investidores tentam assimilar as flutuações do mercado, os profissionais financeiros de todo o mundo esperam ver um crescimento reduzido, embora positivo, nos seus ativos. De acordo com os resultados de uma pesquisa divulgada pela Natixis Investment Managers.

A crescente concorrência por ativos, as mudanças nas expectativas dos clientes e a incerteza persistente exigem que os profissionais do mercado financeiro melhorem seu serviço ao cliente, bem como seus recursos de investimento e desenvolvimento de negócios.

Resultados obtidos com a pesquisa

A Natixis entrevistou 2.700 profissionais financeiros, incluindo gestores de investimentos, consultores, especialistas em planejamento financeiro e agentes autônomos. O levantamento foi realizado em 16 países ao redor do mundo.

As conclusões mostram um certo grau de otimismo entre os profissionais de investimento sobre o futuro e o potencial de crescimento orgânico. Sem perder de vista a forte concorrência no mercado.

Em todo o mundo, os entrevistados esperam que seus ativos aumentem 2,5% (3,7% na Espanha) nos próximos doze meses, com um crescimento anualizado de 14% nos próximos três anos (16% na Espanha). A grande maioria pensa que esse crescimento virá de novos clientes (67%) e novos aportes de clientes atuais (63%). Menos (47%) têm retornos de mercado como o principal vetor de crescimento.

No caso da Espanha, as perspectivas diferem um pouco. Temos que 62% consideraram que o desempenho do mercado seria a principal fonte de crescimento, seguido por novos aportes dos clientes atuais (52%), enquanto aportes de novos clientes ficariam somente em terceiro lugar (48%).

 

 

Principais buscas do ano passado

Quando perguntados sobre o que os clientes mais procuravam no ano passado, quase um terço (29%) indicou que os investimentos alternativos são buscados com maior interesse para servirem como ativos sustentáveis ​​dentro de um portfólio.

Na Espanha, os profissionais entrevistados também foram questionados sobre o uso de ativos alternativos para os investimentos no futuro. Cerca de 54% afirmaram que são mais atraentes no ambiente de mercado atual e 68% os utilizaram como uma maneira possível de gerar retornos.

O percentual que considera os investimentos alternativos atraentes é predominantemente majoritário. Temos 76% os consideram uma boa opção e 82% os utilizam como geradores de retornos para as suas carteiras.

O potencial dos investimentos alternativos

Dentro dos ativos alternativos, mais de um terço (35%) dos entrevistados recomendou o uso de ativos reais.. Outros 34% também destacaram vantagens em investir no setor de infraestrutura. No caso espanhol, as principais recomendações são estratégias de Hedge Funds (42%) e Private Equity (38,7%).

 

“Os profissionais do mercado financeiro estão voltando às premissas básicas de investir e projetar estratégias para mercados e cenários de negócios potencialmente mais incertos”, disse Sophie del Campo, CEO da Natixis Investment Managers para Iberia, Latam e US Offshore.

“Investir e montar um portfólio adequadamente diversificado é uma arte que envolve a combinação de eficiência, criatividade e coerência.”

A pesquisa indica que os clientes estão cientes do potencial de investimento dos ativos alternativos, bem como da importância das estratégias que se tornaram mais visíveis no mundo dominado pelo COVID-19.

 

 

Gestão ativa

Em vista do aumento da incerteza no mercado e da persistente volatilidade, 79% dos profissionais entrevistados acreditam que o mercado atual favorece carteiras com uma gestão mais ativa.

Em média, 69% dos ativos dos clientes estão em investimentos gerenciados ativamente. A intenção continua sendo manter esse nível de exposição pelos próximos três anos.

Eles também acreditam que este tipo de gestão oferece o maior valor em classes de ativos menos protegidos, como fundos de ações de pequena capitalização (69%) e fundos de mercados emergentes (69%).

Já em outras categorias, os investidores profissionais pensam que a gestão ativa fornece valor em fundos de renda fixa (36%). Ativos alternativos (48%) e ações de grande capitalização (41%).

Concluindo

Apesar da pandemia do COVID-19, os profissionais do mercado financeiro continuam esperando que surjam oportunidades de crescimento para os investimentos no futuro. Embora seja improvável que o caminho para o crescimento lucrativo permaneça em sua forma atual.

O que continuamos vendo em todo o mundo é um interesse em gestão ativa, combinada com um maior uso de estratégias alternativas para ajudar os clientes a navegar no contexto de incerteza dos mercados.

 

Para ler a matéria na íntegra, acesse:

https://dirigentesdigital.com/bolsas-y-mercados/los-profesionales-financieros-esperan-que-su-patrimonio-gestionado-crezca-un-2-5