Imagine só ter acesso exclusivo a uma operação com retorno de 40% ao ano? Alguns investidores considerados ‘prime’ aqui na Hurst – aqueles com aporte a partir de R$150 mil em uma única operação ou R$300 mil ao todo – já tiveram oportunidades parecidas. É sobre uma delas que vamos falar no payday de hoje, com o relato do CEO Arthur Farache. 

“Operações como essa não aparecem todos os dias. Muito embora tenha tido um retorno alto para nós e para o nosso investidor, essa operação acarretou um risco alto, e por conta disso, essas operações não ficam abertas na plataforma,  sendo restritas a um grupo de investidores que a gente conhece, que entendem do risco e têm um perfil mais agressivo pra esse tipo de operação”, explica. 

Em dezembro de 2018, nossa equipe responsável pela originação de ativos judiciais se deparou com uma oportunidade que poderia trazer retornos bastante interessantes: uma empresa fabricante de fraldas havia adquirido uma carteira de precatórios estaduais de São Paulo com o objetivo de realizar um planejamento tributário que acabou não dando certo e, a partir disso, colocou esses títulos novamente à venda  em busca de liquidez. 

Através do processo de diligência, foi identificado que alguns desses precatórios já estavam na fila de recebimento, com o pagamento muito próximo. Entretanto, ainda durante esse processo, também foi constatado que dívidas em nome da empresa poderiam prejudicar esses pagamentos. 

Mas como já é de praxe no mercado financeiro tradicional, potenciais de altos retornos são na maioria dos casos, indicativos de alto risco. O risco dessa operação, ao nosso ver, era alto. 

Mas entendemos que nesse caso o risco era compensado pelo retorno. Então, decidimos realizar a operação com capital próprio, algo que já é bastante comum na Hurst. O diferencial nesse caso, foi convidar um dos nossos investidores prime, com um perfil de investidor mais agressivo, a participar dessa rodada conosco. 

É importante ressaltar que dentre os mais de 2500 clientes-investidores da Hurst, existe uma parcela que se atrai por esse tipo de operação, que não são ofertadas em nossa plataforma por serem mais sofisticadas ou até mesmo com riscos maiores. 

Com todos os detalhes e riscos da operação devidamente explicados, a operação foi fechada com 50% do investimento por parte da Hurst e os outros 50% por parte desse cliente-investidor em questão. 

Seis meses depois, o precatório foi pago – para a surpresa do investidor, que tinha uma expectativa de que esperaria ao menos o dobro do tempo pelo retorno. Com o valor em mãos, a escolha dele foi reinvestir o dinheiro em outras operações disponíveis naquele momento. 

“É óbvio que um retorno como esse é satisfatório não somente pela rentabilidade, porque poderia não acontecer, mas pelo trabalho de todo um time de análise e precificação do ativo”. 

Privacy Preference Center