O investimento em imóveis pode ser considerado uma das formas de investir mais antigas e populares no país. Entretanto, a melhor forma de investir em imóveis tem mudado ao longo dos anos. 

Há quem diga que viver da renda de aluguel ainda é uma boa sacada. Outros, apostam nos Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) como estratégia de alocação e renda sem toda a burocracia envolvida na compra de um imóvel. 

O fato é que bater o martelo para dizer qual a melhor forma de investir em imóveis ainda é complicado, mas avaliando o perfil de cada investidor e as opções disponíveis no mercado levando em conta as maiores rentabilidades, podemos chegar em alguns palpites. 

O investimento em incorporação imobiliária, por exemplo, é um deles. Apesar de menos popular que os FIIs ou a renda de aluguel, essa opção promete uma rentabilidade bastante atrativa por representar um investimento no momento mais lucrativo do projeto imobiliário. 

O que é incorporação imobiliária? 

De forma resumida, a incorporação imobiliária é o processo de idealização de um empreendimento imobiliário com o objetivo de vendas em um terreno de terceiros. 

A palavra ‘incorporação’ vem justamente do processo de incorporação do imóvel àquele terreno. É comum que algumas unidades do empreendimento sejam usadas como pagamento do terreno em forma de permuta ao proprietário. 

Pela lei nº 4591/64, que regulamenta esse processo, incorporação imobiliária é definida como: 

“Atividade exercida com o intuito de promover e realizar a construção, para alienação total ou parcial, de edificações ou conjunto de edificações compostas de unidades autônomas”. 

Por que a incorporação é a melhor forma de investir em imóveis? 

Se levarmos em conta as etapas de um projeto imobiliário, a incorporação é o momento anterior à venda do imóvel no estande e, por isso, é considerado o momento mais lucrativo daquele projeto. 

Isso porque o investidor estará lado ao lado do incorporador do projeto. Para você ter uma ideia, no momento da compra de um imóvel no estande, a maior parte do lucro do empreendimento já foi para o bolso do incorporador. 

Outro motivo que coloca a incorporação imobiliária como opção de melhor forma de investir em imóveis é a baixa burocracia envolvida na negociação.  

BAIXE AGORA MESMO O E-BOOK GRATUITO “GUIA DO CROWDFUNDING IMOBILIÁRIO”

Diferente da compra de um imóvel todo para viver da renda do aluguel, o investidor não precisa desembolsar o valor total do imóvel, apenas uma porcentagem mínima, além de se livrar de toda a papelada, taxas e complicações envolvidas na compra de um imóvel. 

Diferente dos FIIs, onde o gestor pode incluir uma série de empreendimentos totalmente diferentes no mesmo pacote e o investidor dificilmente saberá 100% para onde seu dinheiro está indo, na incorporação imobiliária quem investe tem a possibilidade de escolher exatamente o projeto que quer financiar. 

Números comprovam: é o momento de investir em imóveis 

Apesar da pior crise financeira desde 1929, números do setor imobiliário comprovam que esse é o momento ideal para investir em imóveis, principalmente em incorporação imobiliária. 

Como o lucro do investimento em incorporação imobiliária depende totalmente do aquecimento do mercado e do sucesso das vendas do empreendimento, um cenário onde os brasileiros têm pensado cada vez mais em adquirir um imóvel e as taxas de juros colaboram para a concretização é extremamente favorável. 

Dados do DataZAP, maior fonte de inteligência imobiliária do Brasil, 60% dos brasileiros acreditam que esse é o momento ideal para a compra da sonhada casa própria. 

As quedas da taxa Selic, embora preocupantes para quem investe em renda fixa, são ótimas para quem pensa em financiar um imóvel: a taxa cobrada pelos bancos para ‘emprestar’ dinheiro para a população fica menor, e isso estimula esse tipo de negociação. 

E isso já se reflete no setor: de acordo com o Secovi (Sindicato de Habitação) o número de vendas de imóveis na cidade de São Paulo em agosto já ultrapassou os números pré-pandemia. Foram vendidos 6350 novos apartamentos, 46,3% a mais que no mesmo período do ano anterior. 

Se você acredita que a incorporação imobiliária pode ser a melhor forma de investir em imóveis em 2021 e está pronto para subir mais esse degrau, não deixe de conhecer nossas oportunidades disponíveis.