Muitas pessoas têm interesse, mas temem investir em precatórios federais por não saberem quais os riscos.

E a PEC dos precatórios, aprovada recentemente trouxe ainda mais dúvidas a respeito da confiabilidade desses ativos. Até porque, a impressão que ficou é de que o governo deu um calote nos credores. 

Mas não é bem assim. Na realidade, a PEC em questão apenas reduziu o montante de recursos anuais para pagar precatórios devidos. Assim, alguns deles, que poderiam ser pagos agora em 2022, vão ter de esperar mais algum tempo para serem quitados. 

Acontece que as empresas especializadas fazem uma análise completa de cada ativo para mensurar os riscos. E só fazem a originação quando têm a segurança de que aquele título está no orçamento para ser pago.

Riscos 

Os riscos inerentes aos precatórios são outros. Quem decide comprar um precatório precisa checar se o título não foi usado como garantia de uma dívida.  Se esse for o caso, o dinheiro pode ficar preso na Justiça até que a dívida seja liquidada.  

Outro ponto de atenção são os precatórios que estão como garantia de espólio, que podem virar uma ação judicial pela disputa do título.  Não havendo esses problemas, assim que a operação é realizada, o precatório passa oficialmente para o nome do comprador.  

A solução para minimizar esses riscos é buscar originadoras de ativos já conhecidas e de renome no mercado. Elas contam com profissionais especializados que fazem a devida análise e só oferecem aos investidores os títulos mais seguros. 

Precatório, no entanto, é um investimento ilíquido, ou seja, não é possível resgatá-lo antes do vencimento. Por isso, deve ser considerado como um investimento de longo prazo. 

É importante ressaltar, porém, que a Hurst tokeniza todos os ativos que origina. Dessa forma, é possível comercializar a cota no mercado secundário, o que traz certa liquidez ao precatório. 

Vantagens 

Se existem riscos para quem investe, também existem vantagens.  Uma delas é justamente a segurança, pois o precatório é considerado como um título de dívida do governo, assim como o Tesouro Direto. 

Além disso, os precatórios são corrigidos pela inflação e acrescidos de juros, mora, e oferecem rentabilidade muito acima de qualquer título de renda fixa. Acrescenta-se o fato de terem baixa correlação com o mercado financeiro, o que os protege da volatilidade.

Em suma, seguro, rentável e com previsibilidade de pagamento, o precatório é uma boa maneira de diversificar investimentos.

Busque quem entende do assunto

A Hurst, primeira plataforma especializada em ativos reais no Brasil, realiza todos os processos de diligência prévia para garantir que não haja impedimento para o vendedor nem para o investidor. Portanto, se você está interessado nessa modalidade de investimentos, sane suas dúvidas com a Hurst e obtenha bons retornos com baixo risco.