Há alguns anos as músicas sertanejas estão no topo das paradas de sucesso do Brasil.

E se considerarmos a lista das dez músicas mais tocadas nas rádios e no streaming no primeiro semestre de 2021 veremos que o gênero continua na liderança.

Levantamento feito pelo portal G1, com base na lista das 200 músicas mais reproduzidas no Spotify, mostra que sete das dez primeiras são sertanejas. A canção Batom de Cereja, de Israel e Rodolfo, lidera o ranking. 

Os outros gêneros no Top 10 são o forró (4ª e 7ª posições) e o funk (9º lugar), como mostra a lista abaixo:

As 10 mais tocadas no Spotify (1º semestre 2021)

  1. Batom de Cereja – Israel e Rodolfo (sertanejo)
  2. Ele é Ele, Eu sou Eu – Wesley Safadão e Barões da Pisadinha (sertanejo)
  3. Facas – Diego e Victor Hugo e Bruno & Marrone (sertanejo)
  4. Tapão na Raba – Raí Saia Rodada (forró)
  5. Coração na Cama – Hugo e Guilherme (sertanejo)
  6. Alô Ambev – Zé Neto e Cristiano (sertanejo)
  7. Meia Noite – Tarcisio do Acordeon (forró)
  8. Lance Individual – Jorge e Mateus (sertanejo)
  9. Disco Arranhado – Malu e DJ Lucas Beat (funk)
  10. Paradigmas – Jorge e Mateus (sertanejo)

Sucesso também nas ondas das rádios 

Nas rádios a hegemonia do sertanejo é ainda maior, segundo levantamento da empresa de monitoramento, Crowley, que faz esse trabalho desde 1997. Das dez músicas mais tocadas nos primeiros seis meses do ano, nove eram do gênero, com o sucesso Facas, de Diego e Victor Hugo, em primeiro lugar. Apenas a canção Rita, de Tierry, que representa um gênero criado na Bahia conhecido como “arrocha”, conseguiu espaço nesse seleto grupo ao aparecer na 9ª posição. Veja abaixo:

As 10 mais tocadas nas rádios (1º semestre 2021)

  1. “Facas” – Diego & Victor Hugo com participação de Bruno & Marrone (sertanejo)
  2. “Despedida de Casal” – Gustavo Mioto (sertanejo)
  3. “Moça do Caixa” – Raffa Torres (sertanejo)
  4. “Último Beijo” – Bruno & Marrone com participação de Wesley Safadão (sertanejo)
  5. “Dependência” – Theo & Gabriel com participação de Jorge (sertanejo)
  6. “Alo Ambev (Segue Sua Vida)” – Ze Neto & Cristiano (sertanejo)
  7. “Me Adota” – Sandro & Cicero com participação de MC Mirella (sertanejo)
  8. “Pulei na Piscina” – Guilherme & Benuto (sertanejo)
  9. “Rita” – Tierry (arrocha)
  10. “Você não vale” – Felipe Araujo com participação de Japinha Conde (sertanejo)

A relação do ranking com seus investimentos 

Esse ranking mostra um dado bastante interessante e expressivo, e que já foi confirmado pelo Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad): o sertanejo é o gênero musical mais consumido pelos brasileiros.  

Sendo assim, quem investiu em nossas operações de royalties musicais do Pancadinha, um dos maiores compositores de canções sertanejas, tem muito a comemorar, mesmo que as músicas das listas acima não façam parte de suas composições. É que suas obras integram outra lista do Ecad, a de músicas mais tocadas em execuções públicas. 

Execução e rentabilidade 

Ou seja, investir em royalties de obras do gênero sertanejo pode ser uma verdadeira mina de ouro, já que a rentabilidade está diretamente ligada ao número de execuções das canções. 

E mais. Ambos os rankings mostram que forró e funk também são muito ouvidos, uma prova de que a Hurst acertou ao também adquirir direitos de obras desses dois gêneros, além de MPB e rock nacional. 

Os números apresentados acima demonstram mais uma vez o compromisso da Hurst em oferecer ao investidor brasileiro do varejo as melhores oportunidades fora do mercado tradicional, equilibrando retorno e segurança e diversificando o portfólio dos nossos investidores.