Comprar um imóvel, alugar e por que não, investir? Segundo pesquisa realizada pela DataZAP cerca de 60% dos brasileiros acreditam que esse é o momento ideal para adquirir um imóvel.

Isso porque a grande maioria das pessoas pensam que investir em imóveis é somente através da compra e venda. Mas na prática não é bem assim. É possível lucrar muito mais e dispondo bem menos dinheiro.

No entanto, antes de falarmos sobre como isto é possível, vamos a alguns números importantes que destacam esta tese.

 

No final das contas, a Pandemia estimulou o mercado imobiliário

Este título parece estranho para você? Não deveria. Até porque um imóvel é um dos bens mais preciosos que alguém pode ter.

Um ponto importante é que este imóvel não possui liquidez, ou seja, a pessoa demora para conseguir vender e transformá-lo em dinheiro. Nisso, muitos se viram sem reservas e chegaram ao ponto de colocar seus imóveis a venda por um preço mais baixo.

As taxas de juros que já estavam sendo reduzidas para fazer com que a economia voltasse aos poucos, também contribuíram para o aumento na busca pelo financiamento do imóvel.

Com o aumento na oferta do mercado, que levou a bons preços e boas oportunidades, começaram a surgir cada vez mais investidores para aproveitar esse momento de bons imóveis a preços baixos.

 

 

Dados da pesquisa sobre a intenção do brasileiro sobre o imóvel

A entrevista que foi realizada com 700 brasileiros, mostra quais são as crenças atuais sobre o que fazer no setor imobiliário hoje:

  • 60% acredita que este é o melhor momento para comprar/investir em um imóvel;
  • 37% ainda não se sente confortável devido a instabilidades políticas;
  • 3% Não sabe opinar sobre o tema mencionado;

Dos 60% que acreditam que este é o momento certo para comprar um imóvel:

  • 92% são para moradia;
  • 8% para investimento;
  • 49% preferem apartamentos;
  • 28% preferem casas em vilas;
  • 15% preferem casas em condomínio;

 

(Fonte: Grupo ZAP)

O melhor momento para investir em um imóvel

Quando analisamos as fases de um imóvel, conseguimos notar que a incorporação imobiliária é a que mais agrega valor ao investidor. Isso porque a incorporação imobiliária é justamente onde se inicia todo o processo imobiliário.

Esta etapa ocorre antes das construções, e como já sabemos, o imóvel ganha enorme valorização devido ao preço do metro quadrado construído. Dessa maneira, é possível ter valorização maior do que aqueles que compram na planta e vendem depois de pronto.

 

Como investir nesta fase do imóvel?

A Hurst Capital estudou profundamente a tese de investimentos imobiliários, buscando sempre encontrar a melhor maneira para que os investidores pudessem ter tanto um grau de segurança satisfatório quanto uma rentabilidade atraente.

Dentro deste estudo, vimos que a fase mais rentável é justamente a incorporação imobiliária. Nas nossas operações, conseguimos eliminar inúmeros intermediários, que fazem com que a rentabilidade dos ativos caia. Nisso já conseguimos uma melhora atrativa para o investidor, que consegue ficar com mais rentabilidade.

Cada uma de nossas operações imobiliárias é diferente. No entanto, todas buscam o melhor do setor imobiliário e um cenário adequado para investidores que vão desde os mais conservadores aos mais arrojados.  

Veja nossas operações abertas e conheça as oportunidades disponíveis. 

 

 

Acesse a matéria sobre a pesquisa inicial no site da Moneytimes:

https://www.moneytimes.com.br/para-60-dos-brasileiros-o-melhor-momento-para-comprar-um-imovel-e-agora/