Pela primeira vez em anos, a pluralidade de investidores planeja colocar mais dinheiro em Hedge Funds, não menos. Quarenta e quatro por cento dos investidores de Hedge Funds, pesquisados ​​pela Preqin em junho, disseram que pretendiam aumentar seus compromissos no próximo ano – quase o dobro da proporção de 2019.

Este grupo supera  os 28 % que pretendem reduzir suas alocações. Essas descobertas marcam uma mudança acentuada em relação aos últimos quatro anos, quando os investidores eram mais propensos a reduzir suas alocações do que aumentá-las.

“Os mercados voláteis aumentaram o apetite por Hedge Funds”, disse Preqin em seu relatório de meio do ano sobre ativos alternativos.

 

O desempenho dos gestores

Entre outros investimentos alternativos, apenas o private equity viu um aumento maior no apetite do investidor, com 48 por cento dos investidores pesquisados ​​planejando expandir seus compromissos para essa classe de ativos.

Mas quase metade dos investidores pesquisados ​​ficaram desapontados com o desempenho de seus gestores de Hedge Funds no ano passado. Quarenta e sete por cento disseram que seus portfólios tiveram um desempenho pior do que o esperado, enquanto apenas 6% relataram ter superado.

Apesar disso, os investidores estavam mais otimistas sobre esta classe de ativos do que sobre qualquer outra classe de ativos alternativa. Trinta e nove por cento previram que este tipo de investimento teria um desempenho melhor no próximo ano, em comparação com 28% que achavam que os Hedge Funds teriam um desempenho pior.

Em contraste, quase metade dos investidores espera que os fundos de private equity tenham um desempenho pior no próximo ano, enquanto apenas 23% previram o contrário. Outros ativos alternativos que os investidores esperavam um desempenho inferior ao longo dos próximos 12 meses incluíam imóveis e recursos naturais.

 

 

Conclusão

“Os investidores acreditam que as perspectivas mais positivas estão nos Hedge Funds”, disse Preqin. Os Hedge Funds de mercados emergentes pareciam particularmente atraentes, com a maioria dos investidores relatando planos de aumentar a exposição. Além disso, metade dos entrevistados pretendia investir mais dinheiro com gerentes emergentes. Outras estratégias populares incluem fundos de crédito, ações e macro hedge.

Nem todos os gestores se beneficiarão com o entusiasmo avivado: Metade dos investidores pesquisados ​​relatou planos para diminuir sua exposição a fundos de fundos. Entre 31 e 38 por cento dos investidores também planejaram diminuir sua exposição a Hedge Funds orientados a eventos, CTAs sistemáticos e fundos multiestratégia.

Para ler a matéria completa na versão em inglês, acesse:

https://www.institutionalinvestor.com/article/b1n0d36nvlflfz/Pandemic-Makes-Investors-Like-Hedge-Funds-Again