O mundo numismático existe há séculos. Colecionar moedas, cédulas e selos pode se transformar inclusive em um investimento, dado que quanto maior é a escassez de algo, mais valor é acumulado.

Para os fãs de numismática e também para os investidores curiosos, o texto de hoje traz não a escassez em si, mas sim as moedas mais valiosas do mundo ainda em circulação.

Veja o resumo do texto publicado pelo jornal “O povo”, logo abaixo:

As cédulas mais valiosas em circulação diária

As moedas listadas abaixo circulam entre a população de seus países, sendo utilizadas em transações comerciais. A moeda do comércio mundial, o dólar dos Estados Unidos, não entra nesta lista, por exemplo, embora ela seja o parâmetro para definir os vencedores. Isso porque a maior cédula de dólar americano é de US$ 100.

É importante distinguir: as cédulas mais valiosas do mundo não pertencessem, necessariamente, às moedas mais valorizadas do mundo. Por exemplo, atualmente, a moeda mais valorizada é o dinar do Kuwait. Um (1) dinar kuwaitiano, na cotação de 3 de setembro, vale 3,27 dólares americanos ou R$ 17.

No entanto, a cédula mais alta desta moeda é de 20 dinares, portanto, R$ 346 ou US$ 65. Logo, apesar de sua força, a moeda não entra na lista a seguir, que combina cédulas de alto valor nominal (10.000, por exemplo) com alta cotação perante o dólar.

Confira a seguir as cédulas mais valiosas do mundo

– 5º lugar: 500 euros

Pouco prática para o dia a dia do comércio, a cédula de 500 euros deixou de ser produzida, mas ainda circula
Pouco prática para o dia a dia do comércio, a cédula de 500 euros deixou de ser produzida, mas ainda circula (Foto: Frank Schwichtenberg/Wikimedia Commons)

 

A cédula de 500 euros é a nota mais alta em circulação dentro da Zona do Euro, o grupo de países que adotam esta moeda europeia. Ela raramente é utilizada no dia a dia, já que os comerciantes têm dificuldade para ter troco e, com isso, o Banco Central Europeu decidiu descontinuar sua impressão em 2016. Assim, esta cédula está com os dias contados, mas, por ora, continua a valer bastante: R$ 3.133 ou US$ 591.

– 4º lugar: 1.000 dólares singapurianos

Singapura, além de ter a cédula mais valiosa em circulação no mundo, a de 10 mil dólares, também tem a quarta mais valiosa, a de 1 mil dólares
Singapura, além de ter a cédula mais valiosa em circulação no mundo, a de 10 mil dólares, também tem a quarta mais valiosa, a de 1 mil dólares (Foto: Reprodução/YouTube)

Segunda nota do mesmo país nesta lista, essa é mais comum entre os cidadãos de Singapura – tem uso mais cotidiano e é vista circulando pelo comércio. Equivale a US$ 732 ou R$ 3.882. Bem mais modesta que sua parente de 10 mil dólares, ainda assim, no Brasil, ela é suficiente para garantir um iPhone SE 128GB e receber troco, ou voar de Fortaleza para alguma das capitais latino-americanas, como Buenos Aires e Santiago, e ainda pagar parte da hospedagem; ou comprar oito cestas básicas na Capital cearense.

– 3º lugar: 1.000 francos suíços

A cédula de 1000 francos suíços não só continua em circulação como ganhou design novo em 2019
A cédula de 1000 francos suíços não só continua em circulação como ganhou design novo em 2019 (Foto: Reprodução /Banknote News)

 

A cédula de 1.000 francos da Suíça é a nota mais valiosa em circulação na Europa e, quiçá, em todo mundo ocidental. Atualmente, vale R$ 5.816 ou US$ 1.098. Com apenas uma delas seria possível comprar um PS4 novo ou um voo de ida e volta de Fortaleza (CE) para Nova York (EUA) ou até mesmo os dois, se pesquisar bem.

– 2º lugar: 10 mil dólares bruneanos

A segunda nota mais valiosa do mundo, os 10 mil dólares de Brunei perdem por pouco para os 10 mil dólares singapurianos
A segunda nota mais valiosa do mundo, os 10 mil dólares de Brunei perdem por pouco para os 10 mil dólares singapurianos (Foto: Reprodução /Banknote News)

 

Brunei é um pequeno sultanato asiático de maioria islâmica com imensas reservas de petróleo. Também é o segundo lugar desta lista com a nota de 10.000 dólares bruneanos, com valor quase igual ao do dólar singapuriano. A diferença é pequena: ela vale US$ 7.324 (dólares americanos) e R$ 38.770 , respectivamente, apenas US$ 3 a menos e R$ 47 a menos que a mesma cédula de Singapura.

– 1º lugar: 10 mil dólares singapurianos

A nota mais valiosa do mundo, a cédula de 10 mil dólares de Singapura, uma cidade-Estado asiática
A nota mais valiosa do mundo, a cédula de 10 mil dólares de Singapura, uma cidade-Estado asiática (Foto: John Wah/Flickr)

 

O dólar de Singapura, uma cidade-Estado asiática, é a recordista mundial de maior valor em um única nota: a cédula de 10 mil dólares singapurianos corresponde a R$ 38.817. Sozinha, corresponde a US$ 7.327 (dólares americanos). Com apenas uma única nota, é possível, por exemplo, comprar um  carro, como o Renault Kwid (R$ 34.990) ou um Fiat Mobi (R$ 35.990) ou oito iPhones SE 256 GB (R$ 4.499) e ainda ficar com um troco de mais de R$ 2 mil.