O texto “Nothing Can Keep Investors From Pouring More Money Into Alternative Assets” da Institutional Investor, site informativo voltado para investidores institucionais há 50 anos, resume dados de uma pesquisa realizada no final de 2019.

Dave Goodsell, diretor executivo do Center for Investor Insight da Natixis, comentou sua opinião a cerca de informações retiradas do relatório Preqin, que entrevistou 500 investidores institucionais e suas opiniões sobre Ativos Alternativos.

O diretor destacou que o aumento do apetite dos investidores por Ativos Alternativos não deve diminuir, mesmo neste período de crise.

Considerações com base no relatório Preqin

O relatório mostrou que  71% dos investidores entrevistados acreditam que o potencial de maiores retornos dos ativos privados faz o risco de liquidez valer a pena.

“Ainda há um interesse significativo em investimentos privados”, disse Dave em entrevista por telefone.

Goodsell também afirmou que a busca por rentabilidade em Ativos Alternativos provavelmente aumentará, principalmente como um reflexo da redução da taxa básica de juros pelo Federal Reserve em março, chegando a zero, em resposta aos efeitos da pandemia.

Em primeiro lugar, há um forte interesse dos investidores em private equity e dívida privada. Os Ativos Alternativos ocuparam uma parcela cada vez maior dentro das estratégias de longo prazo dos investidores institucionais em busca de maior diversificação, segundo Dave.

E, acima de tudo, os entrevistados planejam um horizonte médio de investimento de 10 anos, mantendo uma visão positiva perante os ativos privados após a queda dos mercados públicos no quarto trimestre de 2018, após o forte desempenho das ações no ano passado.

O apetite por Ativos Alternativos continua

Esse apetite constante por Ativos Alternativos foi refletido na pesquisa.

37% dos investidores institucionais planejavam aumentar a exposição a Ativos Alternativos em 2020. Já 32% estão esperando que as alocações permanecessem inalteradas.

Outros 28% ​​pretendem aumentar seus investimentos em private equity, enquanto 39% disseram que manteriam sua exposição.

Os investidores de fundos de hedge também mantiveram uma posição relativamente estável em 2020: pouco mais da metade dos entrevistados estava planejando manter ou aumentar suas alocações para essa classe de ativos.

Apenas 17% dos investidores institucionais entrevistados esperam diminuir suas alocações para fundos de hedge este ano, em comparação a outros 12% em private equity e 7% em dívida privada.

O relatório Preqin ainda destacou que, “embora os investidores estejam cautelosos no curto prazo, muitos acreditam que a Covid-19 não terá um impacto duradouro em seus programas alternativos”.

Para ler a matéria na íntegra, acesse:

https://www.institutionalinvestor.com/article/b1lp93ql4fzhq2/Nothing-Can-Keep-Investors-From-Pouring-More-Money-Into-Alternative-Assets