Considerado a sétima arte, o cinema é uma das indústrias mais consolidadas no ramo do entretenimento — e não se limita a Hollywood. O cinema brasileiro, por exemplo, também tem crescido e trazido mais produções.  

Mas você sabia que, além de aproveitar o setor por meio do consumo de arte, existe o investimento em cinema? Por meio dessa alternativa, você pode diversificar a sua carteira e ter outras vantagens. Para tanto, é preciso entender como realizar esse tipo de investimento. 

Quer descobrir como investir em cinema? Continue a leitura e veja como essa alternativa funciona! 

Qual é o cenário do cinema nacional e mundial hoje? 

Conhecer os resultados do mercado de cinema é interessante para entender o potencial desse setor. Em 2021, o público nos cinemas brasileiros superou 50,6 milhões de pessoas. Esse desempenho foi 28,4% maior que em 2020, quando muitas exibições foram suspensas devido à pandemia de covid-19. 

Além disso, a renda bruta anual, obtida com as exibições nas salas de cinema, foi de mais de R$ 882 milhões. O resultado é 40,4% maior que os R$ 628 milhões do ano anterior. Ainda, em 2021 ocorreram 308 lançamentos — apesar da pandemia de covid-19, sendo que 128 deles foram de filmes do cinema brasileiro. 

Ademais, o número de produtoras registradas para atuar no audiovisual no Brasil também aumentou. De 850, em 2020, o total saltou para 924 empresas, em 2021. Isso representa uma expansão de 8,7% no volume de empresas desse ramo. 

Fora isso, o desempenho do setor é expressivo em todo o mundo. Globalmente, a arrecadação do cinema em 2021 foi de US$ 21,4 bilhões — um número 78% maior que o obtido em 2020. 

Além disso, o mercado global de filmes e de entretenimento foi avaliado em mais de US$ 90 bilhões, em 2021. Até 2030, espera-se que ocorra um crescimento anual médio de 7,2%. Desse modo, segundo as projeções, o setor poderá valer mais de US$ 169 bilhões, em 2030. 

Esses dados ajudam a indicar o potencial de desenvolvimento contínuo do cinema — tanto com produções que serão exibidas nas salas de cinema quanto em relação às estreias dos serviços de streaming. 

É possível fazer investimento em cinema? 

Após observar o potencial de crescimento do cinema, pode ser que você tenha interesse em aproveitar o setor como uma alternativa de investimento. Nesse caso, vale saber que existem diversas alternativas para quem tem o objetivo de se beneficiar das oportunidades desse setor. 

Uma das possibilidades envolve as leis de incentivo fiscal e programas especiais relacionados ao mercado audiovisual. Ao investir em empresas e projetos do setor, você recebe um abatimento de impostos, considerando as regras de cada iniciativa. 

No entanto, essa não é exatamente uma forma de fazer o dinheiro render e trabalhar para você — na verdade, ela apenas ajuda a reduzir custos tributários.  

Quando a intenção é ter rendimentos, vai ser possível recorrer aos investimentos alternativos.  

Por meio da tokenização de ativos, por exemplo, você poderá investir em empresas ou projetos de cinema. Assim, é possível lucrar com a valorização de ativos reais relacionados a esse segmento. 

Quais as vantagens de investir em cinema? 

Após descobrir ser possível fazer investimento em cinema, é preciso compreender as vantagens relacionadas a essa decisão. Assim, será mais fácil analisar se essa alternativa é adequada para a sua estratégia de alocação e para as suas necessidades. 

Um dos principais benefícios é o fato de esses serem investimentos alternativos. Ou seja, eles não são classificados como investimentos convencionais. Por conta disso, o investimento em cinema é descorrelacionado do mercado tradicional. Assim, investir em ativos desse tipo permite diversificar a carteira e diluir os riscos da sua estratégia. 

Ainda, investir dessa forma tende a ampliar o potencial de retorno do seu portfólio. Dependendo das características do ativo, você pode obter um retorno acima da média, colaborando com a realização dos seus objetivos financeiros. 

Além disso, é preciso considerar o potencial de crescimento e desenvolvimento do segmento. Embora a bilheteria nas salas de cinema em 2021 não tenha retornado ao patamar de antes da pandemia de covid-19, o setor está em recuperação. 

Ainda, a indústria de entretenimento está em expansão e a tendência é que ela se torne cada vez mais relevante. Sendo assim, investir em cinema desde já permite se expor a esse movimento de recuperação e de crescimento. 

De certa maneira, você também pode apoiar iniciativas desse setor — em especial, do cinema nacional. Assim, por meio do seu investimento, há a chance de fortalecer a produção audiovisual brasileira, ajudando-a a atingir novos patamares. 

Como fazer investimento em cinema e diversificar a carteira? 

Antes de tomar a decisão de investir em cinema, é importante conhecer suas características — como perfil de investidor e objetivos financeiros. O perfil define o seu nível de tolerância ao risco e ajuda a avaliar se um investimento alternativo faz sentido para você. 

Já os objetivos financeiros estão relacionados ao prazo do investimento. Se a duração da alocação estiver alinhada com os prazos das suas metas, o investimento pode ser vantajoso. A partir desse ponto, é preciso escolher a forma de investir em cinema — e, como você viu, há mais de uma forma de fazer isso.  

Nesse sentido, uma possibilidade bastante atrativa é buscar uma plataforma de ativos reais, como a Hurst Capital, que vai estrear sua nova vertical de investimentos.  

Por meio dela, você pode realizar o investimento, considerando o aporte inicial exigido. Desse modo, será possível se expor ao desempenho do setor de cinema, conforme as condições do ativo escolhido.  

Ademais, graças à tokenização, você tem liquidez e pode se desfazer do investimento antes do vencimento, caso seja do seu interesse. Basta negociar o token pela plataforma com outro interessado, considerando as condições de mercado na data da operação. 

Neste artigo, você descobriu que o investimento em cinema pode ser uma alternativa interessante e com potencial de diversificar sua carteira. Por isso, se fizer sentido para o seu perfil e para os seus objetivos, pode ser adequado adicioná-lo à sua estratégia. 

Acesse a nova oportunidade para investir em cinema com a Hurst: Investimento em Produção Audiovisual #01/2022 – Swimming Home (CINEJ122), disponível por tempo limitado.

Essas informações foram úteis? Para investir em ativos reais de maneira prática, abra sua conta na Hurst Capital!